Abandonado pelo PT, Alves descarta “revanchismo’.

Abandonado pelo PT, Alves descarta “revanchismo’.

Do estadão (Murilo Rodrigues)

Mesmo derrotado nas urnas na disputa pelo governo do Rio Grande do Norte e magoado com o PT, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves(PMDB), afirmou que não agirá por ‘revanchismo’ nesses dois meses que lhe restam na condução da pauta  de votação  dos deputados.

Ao contrário, dá todos os sinais de que deseja se recompor com o partido. Ele negou que esteja armando uma ‘pauta-bomba’ que pressione os gastos do executivo e comprometa ainda mais o desequilíbrio fiscal do país.

“Há demandas importantes que a Casa  quer votar, mas nada farei que venha a colocar em risco o ajuste fiscal”, afirmou Alves nesta segunda-feira(27). “A minha história, minha vida, minha experiência não permitem isso de jeito nenhum”.

Milena Modas - Hz
Facebook
Twitter
Instagram
WhatsApp