Browsed by
Author: Guamaré em Dia

PODCAST DO POVO: JOELMA MIRANDA FALA EM DESCONFIANÇA, PERSEGUIÇÃO, E COMPARA GUAMARÉ AOS EMIRADOS ÁRABES

PODCAST DO POVO: JOELMA MIRANDA FALA EM DESCONFIANÇA, PERSEGUIÇÃO, E COMPARA GUAMARÉ AOS EMIRADOS ÁRABES

Dando continuidade a uma série de entrevistas no PODCAST DO POVO, o portal ouviu com exclusividade AO VIVO a servidora pública e ex-Controladora Geral e Secretária de Transporte do município de Guamaré, e pré-candidata a vereadora pelo (PODEMOS), Joelma Miranda.

Entre perguntas e respostas, ela falou de sua saída da base do governo, de perseguição, quadro das receitas do município, desconfiança, e comparou Guamaré aos emirados árabes, dentre outros pontos.

Joelma ainda falou de seu novo projeto politico para sua eleição.

Confira na integra clicando aqui:

A RÃ E O ESCORPIÃO NA ARTE DA VIDA HUMANA

A RÃ E O ESCORPIÃO NA ARTE DA VIDA HUMANA

Eu era ainda criança quando ouvi pela primeira vez a história do escorpião e a rã, e meu coração puro não me permitia entender como alguém poderia causar mal a uma pessoa que estava apenas lhe auxiliando.

Em várias ocasiões da minha vida, fiz dessa fábula uma reflexão, para finalmente agora entender que uma ação depende de algo muito mais intenso do que simplesmente à vontade ou a força dessa vontade.

Segundo o conto houve um incêndio devastador na floresta, matando centenas de animais, muitos deles carbonizados, outros afogados ao pularem no rio no afã de salvarem suas vidas.

O escorpião avaliou rapidamente os pós e contras enquanto olhava várias rãs que agilmente atravessavam as águas do rio, e, decidiu, então, propor a uma delas que salvasse sua vida.

A rã,  temendo pela sua existência explicou os motivos óbvios pelo qual temia aceitar aquela proposta, afinal, o habitual é que o escorpião a picasse e ambos fossem levados ao óbito. (A tal da evidência).

O escorpião rebateu seu argumento, dizendo que se estava justamente pedindo ajuda para se salvar, como poderia querer matá-la se, invariavelmente, sem ela para lhe levar, ele morreria afogado? (Intenção X Impulso).

Enfim, a rã se convenceu, afinal, não haveria mesmo razões para que o escorpião implorasse pela sua ajuda se tivesse o intuito de matá-la.

(Vemos o outro através do que temos dentro de nós). Tratado o acordo, o aracnídeo subiu nas costas da rã e navegou tranquilamente pelas águas por um período.

De repente, o contato com a pela macia do corpo de sua salvadora, inquietou o escorpião que tentou se distrair observando a rã nadando, a água e a outra margem do rio, onde finalmente estaria seguro.

Mas, algo deu errado “em seus planos”, e em um impulso fora de controle, ergueu sua calda e picou a rã, morrendo os dois afogados. E ele estava à beira de ser salvo…

E assim somos…

Portadores de gestos irracionais, impulsos descontrolados, atitudes impensadas… Tudo parece sem fundamento, apenas ações julgadas como levianas, irresponsáveis, desumanas, mas não é assim…

A maioria dessas atitudes é amparada por um inócuo instinto, ou regidos por dogmas e crenças não questionadas, e também por uma série de heranças, e como toda ela, inerentes.

Mas o inerente pode ser negociável. Ou não?

Bom, o que me alegra nessa fábula é a certeza de que a essência é maior que tudo, não fosse isso, o escorpião não teria matado a rã.

Portanto, resta uma grande esperança para as boas essências humanas, confirmando que o modo como agimos, nem sempre define quem somos, e isso é um alento.

A arte repete a vida, e essa fábula está aí em todo canto e em vários lugares.

DESFARSA: OPERAÇÃO DO MPRN INVESTIGA CENTRAL DE FAKE NEWS NO ESTADO

DESFARSA: OPERAÇÃO DO MPRN INVESTIGA CENTRAL DE FAKE NEWS NO ESTADO

 

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), com o apoio do Gaeco do MPSC e da Policia Militar, deflagrou nesta quinta-feira (23) a Operação DesFarsa, que investiga a existência de uma Central de Fake News que opera com a intenção de criar, disseminar ou promover notícias falsas sobre autoridades do Estado, com fins políticos e manipulação da opinião pública.

As investigações do MPRN revelaram um esquema voltado à contratação dos serviços de postagens em perfis em redes sociais voltadas a beneficiar interesses políticos. As postagens de conteúdos falsos eram feitas em pelo menos seis perfis de redes sociais,uma delas contando atualmente com mais de 20 mil seguidores, que se diziam oferecer conteúdo político sobre cidades do interior do Rio Grande do Norte.

As informações são criadas conforme o interesse dos clientes para influenciar e formar a opinião pública, bem como propósito de coagir servidores públicos em suas atribuições funcionais e enfraquecer o prestígio de instituições públicas.

Nos chats de conversas, as declarações dos idealizadores deixam claro que os responsáveis pela Central de Fake News têm consciência da natureza ilegal de suas ações, demonstrando a elaboração de estratégias para obstar sua identificação pelos investigantes.

As condutas analisadas se amoldam aos crimes de calúnia, difamação, ameaça contra servidor público e coação no curso do processo, além da prática dos delitos de associação criminosa do tipo milícia digital, com vistas à manipulação da opinião pública.

A Operação DesFarsa cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Natal, Parnamirim e Lagoa Salgada (RN), além de Garuva em Santa Catarina, e contou com o apoio da Polícia Militar e do Gaeco catarinense.

Foram decretadas medidas cautelares pessoais e relacionadas à cessação da atividade de desinformação.

Os materiais apreendidos serão analisados pelo Gaeco a fim de dar continuidade às investigações.

Quatro promotores de Justiça, 14 servidores do Gaeco/GSI e 20 policiais militares do RN, além de cinco integrantes do Gaeco/SC estiveram envolvidos na operação.

MPRN

CEARÁ TEVE 3 ASSASSINATOS DE PRÉ-CANDIDATOS A VEREADOR EM 12 DIAS

CEARÁ TEVE 3 ASSASSINATOS DE PRÉ-CANDIDATOS A VEREADOR EM 12 DIAS

Em menos de duas semanas, 3 pré-candidatos a vereador foram mortos no Ceará em 2024. De 28 de abril a 9 de maio, morreram os vereadores Cesar Araújo Veras (PSB) e Erasmo Morais (PL), e o pré-candidato Geilson Pereira Lima (PL), diante de suspeitas de crime político e revanchismo com governos locais.

O 1º caso se deu em Camocim, litoral do Estado, em 28 de abril. Cesar Araújo Veras, de 51 anos, foi golpeado com uma faca por um garçom enquanto aguardava atendimento em um restaurante. O político, que já estava no seu 4º mandato como vereador, morreu no local.

Segundo a SSPDS-CE (Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará), o suspeito ainda feriu outros 2 homens, que foram encaminhados para atendimento médico. Um deles é o proprietário do estabelecimento. O suspeito tentou fugir do local, mas foi preso no mesmo dia por equipes da Polícia Militar do Ceará.

Ele foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, além de duas tentativas de homicídio, e segue preso. A Delegacia Regional de Sobral, responsável pela ocorrência, encerrou o inquérito e encaminhou o processo ao TJ-CE (Tribunal de Justiça do Ceará).

No caso de Cesar Araújo, o crime por conotação política foi descartado pela investigação policial. Ao ser indagada pelo Poder360 sobre quais outras suspeitas haviam sido levantadas sobre a motivação do assassinato, a SSPDS do Estado não respondeu.

Poder 360

GALINHOS: PREFEITURA PROMOVE CAMINHADA ALUSIVA A CAMPANHA MAIO LARANJA

GALINHOS: PREFEITURA PROMOVE CAMINHADA ALUSIVA A CAMPANHA MAIO LARANJA

Dando Continuidade às atividades desenvolvidas em prol do maio laranja, foi promovida pela Prefeitura de Galinhos, através das secretarias envolvidas, uma caminhada com as escolas, Nuca, crianças e adolescentes integrantes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) do município.

O intuito foi de apresentar para a sociedade o que se é trabalhado em prol da campanha para conscientização em relação ao importante tema. O evento contou com o apoio das secretarias de Assistência Social, Educação e Saúde.

O lema da campanha é “Faça Bonito! Proteja nossas crianças e adolescentes”, criada no intuito de chamar a sociedade para assumir a responsabilidade na proteção de crianças e adolescentes das diversas violências sexuais.

SESSÃO DA CÂMARA DE GUAMARÉ REVELA QUE O VINHO VIROU VINAGRE

SESSÃO DA CÂMARA DE GUAMARÉ REVELA QUE O VINHO VIROU VINAGRE

As sessões da Câmara Municipal de Guamaré têm sido registradas por debates acalorados em defesa de teses, interesses e perspectivas dos parlamentares e do povo.

Ontem (21), novamente se viu forte debate entre os vereadores Gustavo Santiago (PSDB) e Diego de Lisete (PODEMOS), no instante em que se dava a votação o projeto de lei que visa conferir aumentos aos professores.

Em suas falas, o Vereador Gustavo Santiago acusou sem se identificar os personagens uma espécie de oportunismo barato e discursos populistas.

Disse que chamar um agente público de mentiroso, é deselegante. Além disso, acusou o Vereador Diego de Lisete de ter recepcionado em suas redes sociais comentários ofensivos e, ao invés de refutar de ofício, interagiu e concordou. Que as ofensas proferidas nas redes sociais do vereador que abriu uma caixinha de pergunta e no dia 7 de maio, no mesmo dia do evento alusivo a emancipação política do município, contou com comentário de um popular que externou o fracasso da solenidade e que o evento só tinha babões.

Disse ainda, que se fosse nas suas redes sociais excluiria o comentário, sugerindo até uma nota de repúdio do sindicato.

Por seu turno, o Vereador Diego de Lisete disse que não proferiu qualquer palavra ofensiva, mas, somente, ressaltou o reflexo da administração municipal, cujos sentimentos estão sintetizados num Gabinete do Ódio, composto pelos mensageiros do mal.

Disse ainda, que quem ofendeu os professores foi o Vereador Gustavo Santiago, ao expressar que os servidores públicos eram PARASITAS e, que a falta de identificação ocasionou a generalização. E era contra o Vereador Gustavo que o sindicato deveria fazer uma nota de repúdio.

Disse mais: “que todo mundo sabe quem é quem em Guamaré. O que cada um é capaz de fazer e, sabe o que o Senhor é capaz de fazer.”

Com relação a suposta ofensa ao Secretário de Educação, o Vereador Diego de Lisete disse que falou a verdade. Porque quem diz que vai mandar um projeto de lei em fevereiro e somente manda em maio, MENTIU! Quem disse que vai mandar com 4% de aumento e manda com 3,62%, pra mim também MENTIU. ENTÃO, QUEM MENTE, É MENTIROSO.

Veja o vídeo.

Nota do BLOG

O Blog assistiu atentamente a sessão e identificou uma espécie de falta de direção, um perdimento do raciocínio lógico e uma gritante carência de foco do Vereador Gustavo que tratou de promover uma espécie de chicana sustentando assuntos intempestivos para tentar jogar o Vereador Diego contra os professores.

Os discursos fortes, incisivos do Vereador Gustavo Santiago ficaram no passado, dando espaço a conclusões vazias, sem relevância ao debate e disposta exclusivamente a promoção de conflito, o que demonstra que o vinho se transformou em vinagre, apresentando uma versão pobre em sua essência e em reflexo ao interesse público.

Pasmem, que o Vereador Gustavo sugeriu até abolir o contraditório, instante em que disse que apagaria comentários que não lhe agradassem, insinuando que o Vereador Diego de Lisete teria que fazer o mesmo.

O sentar a mesa do banquete, a distribuição de cargos públicos entre familiares, podem sim, modificar os princípios de um homem.

Em resumo, o Vereador Diego acusou e mostrou os motivos de atribuir a expressão mentiroso ao Secretário Municipal de Educação. Falta agora, o Vereador Gustavo, diante da nova oportunidade apontar o dedo e dizer quem são os parasitas do governo.

Já dizia Millôr Fernandes: “Democracia é quando eu mando em você, ditadura é quando você manda em mim.”

O parlamentar esqueceu de informar porque os vereadores faltaram a sessão passada.

GUAMARÉ PROMOVE 4ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE

GUAMARÉ PROMOVE 4ª CONFERÊNCIA MUNICIPAL DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE

O Conselho Municipal de Saúde, em parceria com a Secretaria de Saúde, realizou nesta terça-feira a Reunião Ampliada da 4ª Conferência Nacional de Gestão do Trabalho e Educação na Saúde.

O evento, que aconteceu no auditório do Hospital de Guamaré Manoel Lucas de Miranda, teve como tema “Democracia, Trabalho e Educação na Saúde para o Desenvolvimento: Gente que faz o SUS acontecer”.

Asscom/PMG

TSE REJEITA CASSAÇÃO DE SÉRGIO MORO POR UNANIMIDADE

TSE REJEITA CASSAÇÃO DE SÉRGIO MORO POR UNANIMIDADE

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu, por unanimidade, rejeitar o pedido de cassação do mandato do senador Sergio Moro (União-PR), nesta terça-feira (21). Ministros seguiram o relator. Votaram a favor de Moro os sete ministros da Corte: Floriano de Azevedo Marques, André Ramos Tavares, Cármen Lucia, Kassio Nunes Marques, Raul Araujo, Isabel Galloti e Alexandre de Moraes. Em seu voto de quase duas horas, Azevedo Marques, o relator, fez uma extensa análise sobre precedentes da Justiça Eleitoral nos casos de gastos eleitorais no período de pré-campanha e sobre todas as imputações feitas contra Moro.

Ao final do voto, ministro seguiu o entendimento do vice-procurador-geral-eleitoral. Ele afirmou que deveria ser considerada para análise de eventual abuso apenas os gastos no período em que Moro se mudou para o Paraná para disputar a candidatura ao Senado pelo União Brasil. Nesse caso, o ministro entendeu que Moro gastou R$ 777 mil na pré-campanha ao Senado pelo estado, o equivalente a 17,47% do teto para a campanha de senador pelo Paraná em 2022.

Ministro rejeitou todas as acusações levantadas por PT e PL, os autores das ações no TSE. Os partidos acusavam a campanha de Moro de abuso de poder econômico, caixa 2, uso indevido de meios de comunicação e contratos irregulares. Os processos foram unificados em junho de 2023 pelo TRE-PR.

Para o relator, as ações não trouxeram provas suficientes para comprovar os crimes apontados pelos partidos.

Com informações: UOL

SEMANA DE CONCILIAÇÃO COMEÇA NO TRT-RN COM MAIS DE R$ 900 MIL EM ACORDOS

SEMANA DE CONCILIAÇÃO COMEÇA NO TRT-RN COM MAIS DE R$ 900 MIL EM ACORDOS

A abertura da 8ª edição da Semana Nacional da Conciliação Trabalhista no Rio Grande Norte ocorreu nesta segunda-feira (20), no Cejusc de Natal. A solenidade contou com a presença de magistrados, servidores, advogados e partes do processo.

Durante esta semana, que se encerra na sexta-feira (24), todas as unidades judiciais do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-RN)  estão envolvidas num esforço comum pela conciliação.

Hoje, já foram mais de 468 pessoas atendidas e 110 audiências realizadas, com 37 conciliações e mais de R$ 900 mil movimentados. Desse total, foram arrecadados R$ 111 mil para o INSS e R$ 115 mil para o imposto de renda.

De acordo com a juíza Simone Jalil, coordenadora do Cejusc de Natal, a expectativa é superar os números de acordo e valores envolvidos no ano passado.

“Até agora, já foram 1374 processos pautados, sendo 929 para conhecimento, 286 em execução e 159 de segundo grau”, informou ela. “Espera-se, também, fechar acordos da Petrobras e outros da Caixa, ambos frutos do acordo de cooperação firmado entre TRT e instituições”.

A juíza informou, ainda, que o destaque do segundo dia da Semana Nacional de Conciliação em Natal serão as audiências dos processos dos servidores da Datanorte e dos trabalhadores da Companhia de Serviços Urbanos (Urbana).

Semana

Promovida anualmente, a Semana Nacional da Conciliação Trabalhista tem como slogan deste ano “É conciliando que a gente se entende”.

A campanha deste ano foi concebida a partir da ideia de que é por meio do diálogo que estabelecemos acordos e soluções que finalizam conflitos e geram benefícios para as partes envolvidas. E esse conceito pode ser facilmente representado pelo ditado popular “é conversando que a gente se entende”.

A Semana é uma iniciativa do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) e conta com o apoio do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e dos 24 tribunais regionais do trabalho. O evento é uma das datas mais importantes do calendário do judiciário trabalhista e tem como objetivo promover um verdadeiro mutirão para solucionar conflitos por meio do diálogo mediado.

Fonte: Comunicação TRT-RN

GUAMARÉ: MPRN RECOMENDA A NÃO REALIZAÇÃO DE PSICOTESTE APÓS CONCURSO PÚBLICO E ANTECIPAÇÃO DE CONVOCAÇÕES

GUAMARÉ: MPRN RECOMENDA A NÃO REALIZAÇÃO DE PSICOTESTE APÓS CONCURSO PÚBLICO E ANTECIPAÇÃO DE CONVOCAÇÕES

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) emitiu uma recomendação direcionada para o Município de Guamaré orientando a não realização do exame psicotécnico no concurso público Edital nº 001/2023 uma vez que não houve previsão dessa exigência no edital. Além disso, o documento recomenda a antecipação do cronograma de nomeações. A notificação da recomendação já foi entregue ao Município, e será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) na edição desta terça-feira (21), e define prazo de cinco dias para apresentação de resposta.

A recomendação registra que o certame passou por cinco retificações em seu edital, e atualmente é alvo de inquérito civil para investigar possível “demora injustificada no calendário estabelecido para as convocações e nomeações dos aprovados no concurso público de Guamaré/RN”. O inquérito apura ainda a exigência irregular de psicoteste aos aprovados. O MPRN identificou que o requisito não segue a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), pois não foi previsto nos editais do concurso e nem apresenta, nele, critérios objetivos para tal avaliação dos candidatos, causando surpresa a todos.

O MPRN apontou ainda que o Edital exige dos candidatos aprovados a realização de exames médicos, especificamente do atestado médico ocupacional expedido por médico do trabalho, o que difere do psicoteste solicitado após a aprovação. Além disso, não houve ampla divulgação para os selecionados, ao passo que a exigência de psicoteste, apesar de prevista em antiga lei municipal, foi instituída para o concurso somente após a homologação do resultado final.

Não bastasse isso, a própria lei municipal que prevê o psicoteste diz que “a oportunidade do exame psicotécnico será determinada pelo Conselho Municipal de Políticas de Administração e Remuneração de pessoal, mediante solicitação da comissão do concurso”, o que não se mostra mais possível, uma vez que o resultado final já foi homologado, encerrando-se com isso os trabalhos da comissão.

O órgão ministerial identificou, ademais, que Guamaré segue com uma equipe de centenas de servidores terceirizados ou temporários sem concurso público, revelando necessidade atual de provimento dos cargos vagos, inclusive mediante convocação de aprovados em cadastro de reserva. O quadro atual de terceirizados demonstra também a existência de recursos financeiros para aplicar na imediata nomeação, conforme o interesse público e o cumprimento dos princípios constitucionais que regem a administração pública.

Em decorrência, segundo a Recomendação, o Município deve antecipar o cronograma de convocações e nomeações, uma vez que o procedimento de admissão será reduzido após a retirada da exigência de psicoteste.

O MPRN ressalta que o não acolhimento da Recomendação, ou a ausência de resposta no prazo fixado, resultará no ajuizamento das ações cabíveis.

Confira AQUI a íntegra da Recomendação.

MPRN

Facebook
Twitter
Instagram
WhatsApp