MACAU: LUTA DO PREFEITO ZÉ ANTÔNIO JUNTO À PETROBRAS GANHA APOIOS IMPORTANTES

MACAU: LUTA DO PREFEITO ZÉ ANTÔNIO JUNTO À PETROBRAS GANHA APOIOS IMPORTANTES

A formalização do interesse do município de Macau em sediar a base operacional da Petrobras para exploração do Campo de Pitu, que está em vias de ser iniciada pela empresa, deu início a uma importante iniciativa visando alavancar a economia da cidade e de toda região salineira.

O prefeito José Antônio Menezes encaminhou ofício à presidente da Petrobras, Magda Chambriard, apresentando as vantagens competitivas da cidade de Macau, como infraestrutura moderna, comércio pujante e mão de obra qualificada e manifestando o interesse do município em sediar essa base tão importante.

José Antonio discutiu essa ideia durante uma reunião com o ex-presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, em Natal e formalizou sua manifestação de interesse.

Para o diretor da Salinor, Airton Torres, que preside o sindicato das Indústrias de Extração de Sal do Estado do Rio Grande do Norte, “a iniciativa do prefeito José Antônio é um passo decisivo para que Macau se torne um polo estratégico no setor de petróleo e gás, potencializando o crescimento econômico da região”.

Airton Torres está confiante de que, “uma vez alcançado esse objetivo, Macau terá grande impulso no seu desenvolvimento”.

Na visão de Robson Kelly Costa Pereira, presidente da Câmara de Vereadores de Macau, “essa iniciativa representará um impulso significativo na economia local, com a geração de empregos diretos e indiretos e o fortalecimento do comércio e dos serviços locais”.

A exemplo do que fez o prefeito José Antônio de Menezes, ao provocar a Petrobras apresentando as vantagens competitivas do município de Macau à presidência da empresa, garante o presidente, “a Câmara Municipal ficará à disposição para facilitar todos os trâmites necessários para execução desse projeto”.

Para o vereador, a instalação desse polo da Petrobras em Macau “será a redenção econômica de nossa cidade no que cerne a geração de empregos e no desenvolvimento socioeconômico de Macau e municípios circunvizinhas”.

A Petrobras iniciou a perfuração de dois poços de pesquisa de óleo e gás, em águas profundas na Bacia Potiguar, na Margem Equatorial brasileira, no final do ano passado e do poço Anhangá, na concessão localizada a 79 km da costa do estado do Rio Grande do Norte, próxima ao poço Pitu Oeste.

José Antônio destacou ter planos para realizar cursos de qualificação profissional para a população de Macau, em parceria com instituições importantes como o IFRN, “garantindo que os macauenses possam aproveitar melhor as oportunidades de emprego que surgirão com a instalação da base”.

Comments are closed.
Facebook
Twitter
Instagram
WhatsApp