Major Fernandes mais próximo de assumir a cadeira na Assembleia Legislativa de fato e por direito.

Major Fernandes mais próximo de assumir a cadeira na Assembleia Legislativa de fato e por direito.

“Procuradoria Eleitoral pede cassação dos diplomas dos deputados Tomba Farias e Disson Lisboa”.

O Ministério Público Eleitoral no Rio Grande do Norte entrou com um recurso contra expedição do diploma de dois deputados eleitos do Rio Grande do Norte: Tomba Farias (PSB) e Disson Lisboa (PSD). Sobre ambos pesa condenações em órgão colegiado proferida após a diplomação. Ou seja, com as condenações, os dois deputados estão com os direitos políticos suspensos e, portanto, não poderiam assumir o mandato.

No caso do deputado Tomba Faria, o procurador regional eleitoral Gilberto Barroso argumentou, no recurso que tramita no Tribunal Superior Eleitoral, que o político foi condenado por improbidade administrativa em decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

Já o recurso contra a diplomação de Disson Lisboa foi assinado pela procuradora regional eleitoral substituta Cibele Benevides, que destacou o fato do parlamentar do PSD ter sido condenado pelo Tribunal de Justiça, por crime de improbidade administrativa.

Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
WhatsApp