O trabalho do pássaro é reconhecido por soldado do BOPE.

O trabalho do pássaro é reconhecido por soldado do BOPE.

IMG_8368

Na ultima segunda-feira (01), o Centro de Convenções Lavoisier Maia em Natal, foi palco de uma cerimônia, onde foram entregues medalhas do mérito a policiais militares e civis, integrantes das forças armadas e cidadãos de destaque por relevantes serviços prestados.

O subcomandante da Guarda Municipal de Guamaré, Jabneã Batista, mas conhecido como Pássaro Negro, esteve prestigiando a solenidade. Oportunidade que o Subtenente Luiz Carlos de Souza, responsável pelo o destacamento da cidade, foi agraciado com uma medalha pela a excelente atuação profissional.

No término do evento um grito alto e em bom tom de um policial do BOPE “Batalhão de Operações Especiais”, muito me chamou atenção e de alguns convidados na saída da porta principal. “Pássaro Negro… Pássaro Negro.” Quando Nean olhou para traz, era um policial conhecido por Queiroz.

Ao se aproximar do guerreiro, ele disse “Tenho acompanhado seu trabalho e sua dedicação à segurança pública como Guarda Municipal”.

Ao entrar no carro percebi os olhos do GM molhados, perguntei a razão e ele disse “Este tipo de reconhecimento me fortalece a se doar muito mais pela Guarda e pela segurança do povo Guamareense”. Concluiu.

Pássaro Negro é um exemplo para todos aqueles que fazem da carreira de servidor público uma atividade nobre e dignificante.

Ser reconhecido pelo policial do BOPE não é para qualquer um, é preciso de fato ter serviço prestado. E eu sou uma das testemunhas que serviços prestados o pássaro tem.

Facebook
Twitter
Instagram
WhatsApp