Policia Militar coloca na cadeia cinco homens acusados de vários assaltos em Baixa do Meio e Pedro Avelino.

Policia Militar coloca na cadeia cinco homens acusados de vários assaltos em Baixa do Meio e Pedro Avelino.

IMG_4882

Numa ação conjunta da policia militar de Guamaré com a polícia militar de Carnaubais, os agentes conseguiram realizar importantes ações no combate à criminalidade na noite desta sexta-feira (14), na comunidade de Baixa do Meio.

A polícia já vinha numa linha de investigação sobre vários furtos na comunidade de Baixa do Meio, Pedro Avelino e Carnaubais, precisamente nas fazendas próximo a Baixa do Meio. Tendo em vista que na investigação foi descoberto que parte dos roubos era levado para a cidade de Carnaubais.

IMG_4851

Os criadores e comerciantes vinha denunciando a policia que se tratava de vários homens que agia com violência. O ultimo alvo foi o supermercado de Zé Roberto, os acusados fizeram o rapa, a polícia credita que alguém da comunidade dava apoio aos criminosos.

Ontem à noite, por volta das 20 horas, a casa caiu para André Patrício de Oliveira (21 anos), Laerte Junior da Silva (23 anos), Luiz Miguel de Oliveira Silva (28 anos), Jan Edson dos Santos (24 anos), e um menor de iniciais M. F. da S (17 anos). Segundo a polícia eles foram os autores dos últimos arrombamentos das fazendas nas extremidades de Pedro Avelino  e em comércios em Baixa do Meio.

IMG_4884

O Tenente Luiz Carlos de Souza disse à reportagem que parte dos presos é velhos conhecidos da policia. Disse ainda que a policia militar está nas ruas atenta para colocar na cadeia quem não merece conviver na sociedade, e que a ação foi realizada em conjunto com a polícia de Carnaubais.

Dois homens identificados por Arthur e Lailton conseguiram fugir do cerco policial, e estão sendo procurados pela policia. Eles usaram um veiculo tipo Astra de cor verde escura para cometer vários delitos na região.

IMG-20150815-WA0073

Segundo o Tenente, os prejuízos dos fazendeiros e comerciantes são incalculáveis ao longo dos últimos seis meses. Com os acusados foram aprendidas armas e ferramentas de cortar cerca, correntes e cadeados.

Todos os acusados foram conduzidos a 5º Regional da Policia Civil de Macau, para serem ouvidos pelo competente delegado Delmontiê Falcão, e ficará a disposição da justiça. Com informações da Polícia Militar.

IMG_4841

Facebook
Twitter
Instagram
WhatsApp