Robinson: Uma entrevista e muitos recados.

Robinson: Uma entrevista e muitos recados.

Robinson-Faria-imagem-blog-do-bg

“Governo novo é governo novo”. A sentença é do governador eleito Robinson Faria, em entrevista ao jornal Tribuna do Norte. E ilustrou a afirmação do futuro governante estadual segundo a qual nenhum dos atuais secretários será convidado a permanecer.

Robinson disse ainda que nenhum convite foi feito ainda e que os primeiros nomes só serão conhecidos com o avanço das informações da equipe de transição.

Uma coisa é certa: a participação do PT, principal aliado e ponto de apoio no que diz respeito ao relacionamento com o governo federal.

Robinson afirma não estar preocupado nem teme que as dificuldades financeiras e orçamentárias do Estado prejudiquem seus projetos e principais metas de governo.

Disse, com todas as letras, que a principal preocupação do trabalho da equipe de transição é a folha de pagamento de pessoal, sua primeira e principal prioridade no início de gestão. O governador eleito disse esperar e contar com a compreensão dos sindicatos no que diz respeito à negociação em torno da implantação dos planos de cargos e salários.

Robinson disse, também, que cumprirá as constituições Federal e Estadual e respeitará as decisões dos outros poderes e instituições como o Ministério Público, que deseja obter reajuste dos vencimentos de promotores e procuradores.

No que diz respeito à sucessão na Assembleia Legislativa, Robinson garante que sua interferência será mínima mas que ouvirá e respeitará o sentimento dos oito deputados estaduais – entre novos e antigos – que o apoiaram.

No final da entrevista, Robinson pregou o desarmamento de espíritos e lembrou que todos, assim como o governador, que tem mandatos têm responsabilidade para com o Estado. O recado foi para os senadores, deputados federais e estaduais e prefeitos.

Igreja Hz

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Twitter
Instagram
WhatsApp