Secretaria de Justiça investiga soltura de preso com alvará falso no RN.

Secretaria de Justiça investiga soltura de preso com alvará falso no RN.

Alvará de soltura falso foi enviado de e-mail da Coape para a Penitenciária Estadual de Parnamirim (Foto: Reprodução/G1)A Secretaria de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte investiga o uso de um alvará de soltura falso para a saída de um detento da Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal.

O preso João Maria dos Santos de Oliveira, de 32 anos, deixou a unidade prisional na manhã desta segunda-feira (7). As informações foram confirmadas pelo secretário de Justiça e Cidadania, Cristiano Feitosa.

O alvará de soltura, assinado pela juíza Maria Nivalda Neco Torquato, da Comarca de Nísia Floresta, foi enviado por um e-mail da Coordenação de Administração Penitenciária. “O presídio disse que recebeu um e-mail com o alvará de soltura da Coordenação de Administração Penitenciária (Coape). Ao mesmo tempo, a Coape negou ter enviado o referido e-mail”, explica o secretário. G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Twitter
Instagram
WhatsApp